Alarme-Proteção do seu carro

O que acontece a veículos roubados
O alarme para carro permite defender o seu carro dos assaltos com maior eficiência do que apenas confiar na fechadura do veículo.
Muitos dos carros sem alarme são roubados para cometer crimes, para deslocações necessárias aos assaltantes.
Outro tipo de furtos é aquele cometido apenas pelo gozo de conduzir a viatura o que por vezes termina com o acidente da mesma.
Mas normalmente os carros são escolhidos pelo seu valor comercial para serem vendidos com documentos falsos dentro ou fora do país.
Outra das situações mais comuns é o furto da viatura para posterior desmantelamento e venda ás peças.
Em qualquer destas situações a viatura, facilmente roubada por não ter alarme, normalmente não volta ao seu dono original.

Alarme de Carro e o problema Car Jacking
Uma das formas mais utilizadas quando o ladrão tem mesmo a determinação de levar o carro a qualquer custo e de forma rápida é a forma de roubo em andamento, com os donos no interior, também chamado Car Jacking.
É uma das formas mais violentas e que por vezes resulta em mortes ou pessoas muito traumatizadas pela experiência vivida.
O alarme para carro evoluiu e hoje muitos sistemas de alarme para carro oferecem a função Car Jacking que possibilita numa situação de furto o dono sair sem resistência do interior do seu carro pois sabe que o mesmo se imobilizará algumas centenas de metros á frente dando tempo ao seu dono de escapar sem ferimentos e chamar as autoridades.

Funções do alarme para automóvel
Devido ao facto de existir a possibilidade de copiar o código do comando do alarme muitos sistemas de alarme para carro já oferecem a possibilidade de inviabilizar a cópia desta informação.

Outro dos problemas com os alarmes era o facto de que se fossem desligados acidentalmente permaneceriam assim, agora um alarme de carro acionado acidentalmente aguarda alguns segundos e se não for aberta alguma porta volta a bloquear o carro.

Uma das formas encontradas pelos fabricantes de alarmes para tentar dissuadir ou aumentar o nível de desconforto na situação em que o furto já decorre no interior do automóvel foi a colocação de uma segunda sirene no interior da viatura.
O nível de decibéis emitidos pela sirene é elevado e muito difícil de suportar.

Porque por vezes o alarme pode estar a tocar num ambiente controlado e devido a problemas não é conseguido desligar, muitos alarmes para carro são instalados com um botão de emergência que permite acautelar as situações em que é mesmo preciso desligar o alarme.
Este botão é instalado em local secreto.

Corte da bateria é uma das funções mais antigas, perante o furto do carro o alarme é capaz de detetar e proceder ao corte do fornecimento da energia ao motor e inviabilizar a sua deslocalização para outro lugar.

%d bloggers like this: